"Deus aceita como algo que lhe agrada toda vida vivida à melhor luz disponível, guiada pelos ideais mais sublimes que se podem divisar. Não é desonra alguma para Deus dizer que toda verdade, todo senso de beleza, toda consciência e todo desejo de bondade tem apenas uma fonte, e que essa fonte é Deus, o qual, por sua vez, não pode ser confinado a um lugar, a um tempo e a um povo."

 

Desnond Tutu

Atualizado para 24 de outubro de 2021

MItra_e_Báculo.png

MENSAGENS  EPISCOPAIS

Pensamento da semana

"Em Cristo, vemos a imagem de um Deus que não está armado com raios, mas com bacia e toalha, que não vociferou ameaças, mas boas novas para todos, que cavalgou não um cavalo de guerra, mas um burro, chorando de compaixão por aqueles que não conhecem o caminho da paz."

(Brian McLaren)

Captura de Tela 2021-02-09 às 13.16.15.

Irmão Associado

"Fraternal Associated"

Se você estiver interessado em cultivar uma vida espiritual consciente, organizada e madura, considere se tornar um "irmão associado" juntamente conosco. Ao associado cabe a missão de se comprometer a ancorar sua vida diária nos valores básicos da espiritualidade beneditina: Comunidade, Hospitalidade, Humildade, Equilíbrio e Atenção Plena no cotidiano de suas vidas. Busca, individual e coletivamente, viver os princípios evangelísticos por meio do permanente estímulo ao íntimo encontro libertador com Deus, disponível a todos, pois, no encontro com a própria essência divina e ao ser por ela abraçado e conduzido, é possível obter a liberdade dos grilhões das ilusões opressoras que conduzem a um caminho momentaneamente gratificante, mas que distância do verdadeiro centro, do ser criador. Esta modalidade de pertença não constitui tornar-se Monge ou Oblato, mas um membro que efetivamente compartilha da nossa espiritualidade, tendo como eixo basilar suas próprias experiências, abertas ao diálogo verdadeiramente ecumênico e inter-religioso. (...)

Dom José da Santa Cruz

oração.jpg

Reflexões Evangélicas

(2021)

Amados irmãos, em nossa biblioteca encontra-se uma relação de Reflexões Evangélicas, com olhar ecumênico, referentes a cada semana de todo o Ano Litúrgico até então.

Convido a todos vocês a visitarem e aproveitarem esse espaço, compartilhando conosco de suas reflexões e comentários. 

Bíblia_Sagrada.jpg
Reflexões do Rvdo. Frei Milton Menezes
Presbítero da IATB e Prior de nossa Comunidade
A cura de um homem cego.png

Senhor, que eu veja!

30º Domingo do Tempo Comum

(24 de outubro de 2021)

Chegaram a Jericó. Ao sair de Jericó com os seus discípulos e grande multidão, estava sentada à beira do caminho, mendigando, o cego Bartimeu, filho de Timeu. Quando ouviu que era Jesus, o Nazareno, que passava, começou a gritar: “Filho de Davi, Jesus, tem compaixão de mim!” E muitos o repreendiam para que se calasse. Ele, porém, gritava mais ainda: “Filho de Davi, tem compaixão de mim!” Detendo-se, Jesus disse: “Chamai-o!” Chamaram o cego, dizendo-lhe: “Coragem! Ele te chama. levanta-te”. Deixando o manto, deu um pulo e foi até Jesus. Então Jesus lhe disse: “Que queres que Eu te faça?” O cego respondeu: “Rabbuni! Que eu possa ver novamente!” Jesus lhe disse: “Vai, a tua fé te salvou”. No mesmo instante ele recuperou a vista e o seguia no caminho. (Mc 10,46-52)

Espiritualidade de Jesus
para além do Cristianismo


Encontro reflexivo mensal

Amados irmãos, em nossa reflexão coletiva ocorrida no dia 24 de setembro p. p., reunião reflexiva virtual com a Comunidade Monástica Anglicana, com seus membros, seus simpatizantes e seguidores, contando também com toda a comunidade anglicana tradicional do Brasil e alguns convidados, ficou decidido que manteremos tal encontro de forma mensal, estabelecendo a última sexta-feira de cada mês para sua realização.

Lembrem-se, além dos citados participantes, todos aqueles que se motivarem a participar dessa reflexão coletiva sintam-se convidados e serão fraternalmente recebidos. Destacamos, ainda, que a abordagem do referido tema terá como fundo o pluralismo religioso, um dos pilares de nossa comunidade.

Próximo encontro virtual:

. Tema - Onde está Deus em sua vida?

.  29 de outubro, às 21h.

. Link - meet.google.com/jqj-wbyx-rhn

Espaço de Partilha
Outubro de 2021

"Quem receber uma destas crianças em meu nome é a Mim que recebe"

Nós, cristãos, somos o corpo de Cristo e seus membros, como diz o apóstolo Paulo (cf 1Cor 12,27). Aquando da ressurreição de Cristo, todos os seus membros ressuscitaram com Ele: passando pelos infernos, Ele fez-nos passar da morte para a vida. O termo «páscoa» em hebraico significa passagem ou partida. Ora, este mistério é o da passagem do mal ao bem. E que passagem!: do pecado à justiça, do vício à virtude, da velhice à infância. Refiro-me à infância que está ligada à simplicidade e não à idade. Pois também as virtudes têm a sua idade própria. Ontem, a decrepitude do pecado conduzia-nos ao declínio. Mas a ressurreição de Cristo faz-nos renascer para a inocência das crianças: a simplicidade cristã torna sua a infância.

A criança não sente rancor, não conhece a fraude, não ousa agredir. Assim, pois, a criança que é o cristão não se exalta se for insultada, não se defende se for despojada, não devolve os golpes se lhe baterem. O Senhor exige mesmo que ela reze pelos seus inimigos, que entregue a túnica e a capa aos ladrões, e que ofereça a outra face aos que a esbofeteiam (cf Mt 5,39ss)

A infância de Cristo ultrapassa a infância dos homens. [...] Esta deve a sua inocência à fraqueza, aquela à virtude. E ainda é digna de mais elogios: o seu ódio ao mal não emana da impotência, mas da vontade.

__________________________________________

São Máximo de Turim (?-c. 420) - bispo. Sermão 58; PL 57, 363.

Sao Maximo de Turim.jpeg

Espaço Thomas Merton

A Cruz é paz para alma

"Toma sobre ti o peso da cruz de Cristo, isto é, a humildade, a pobreza, a obediência e a renúncia de Cristo, e encontrarás paz para a tua alma."

 

Thomas Merton em "Novas Sementes de Contemplação".

Outubro de 2021
CAC.Logo_.RGB_-1.jpg

Centro para Ação e Contemplação

A nossa principal questão é sempre "como podemos transformar a informação em transformação?"

Como podemos usar os textos sagrados, a tradição e a experiência para levar as pessoas a novos lugares com Deus?   

 

Richard Rohr

Irmãs e irmãos amados, convidamos todas e todos vocês a acompanharem também a comunidade online do Centro de Ação e Contemplação (Center for Action and Contemplation). Seu rico e inspirador conteúdo lembra-nos que não estamos sozinhos na caminhada contemplativa. Destacam a existência de uma Realidade Divina cuja presença atravessa todas as fronteiras do tempo, espaço, tradição e religião.

Acesso ao site

Meditações Diárias de Richard Rohr

Frei Richard Rohr é um professor ecumênico mundialmente reconhecido, testemunhando o despertar universal dentro do misticismo cristão e da Perene Tradição. Ele é franciscano da Província do Novo México e fundador do Centro para Ação e Contemplação (CAC). Ele nos brinda com suas meditações diárias que, ao logo do corrente ano, estão focadas no tema “Velho e Novo: Uma Fé Evolutiva”. Partindo de sua tradição cristã franciscana e contemplativa, ele busca auxiliar o aprofundamento na experiência e na compreensão de Deus.

O tema das Meditações Diárias para 2021 é “Um tempo de Revelação”, tendo em vista a crença de Frei Rohr de que vivemos em uma época em que a realidade está sendo revelada como é.

O tema central das reflexões na quadragésima segunda semana de 2021: "O Cristianismo e o Império".

Apresentamos nesta semana o texto traduzido para o português com o mesmo nome "Jesus como ponto de referência central".

24 de outubro de 2021

Orações

Oração03.jpg

A prática religiosa desenvolvida pela humanidade, desde as comunidades de origem mais longínqua, vem se sustentando na oração, na busca permanente do encontro com a divindade norteadora de suas ações, no desejo de se chegar ao Supremo, ao Absoluto, à Verdade, de se chegar a Deus, de se chegar à realidade última que é a nossa própria essência. Assim, a vida da Igreja, na concepção de uma assembleia unida caminhante, deve se sustentar na prática orante, revestindo-se de importância vital para sua sobrevivência espiritual.

Assim, disponibilizamos diversas orações para que possam ser compartilhadas, além que sua prática orante pessoal.

Está disponível uma reflexão do Rev. Frei Milton sobre a Prática Orante.     Acesse...

Oração do Senhor

- Pai Nosso -

Oração do Coração

Sabemos que a oração é um meio de se entrar em contato com a divindade e que pode ser verbalizada, de forma espontânea ou repetitiva, meditativa, ou contemplativa. Independente da forma ou do caminho dessa relação, quando oramos estando nos relacionando com o Altíssimo, como e onde quer que O percebamos, dentro e/ou fora de cada um de nós.

Apresentamos uma sequência de reflexões sobre todas as partes da Oração do Senhor - O Pai Nosso.

Convidamos você a nos acompanhar nessa rica e maravilhosa reflexão contemplativa sobre a mais conhecida oração cristã, agora apresentada de forma completa.

Diz-se que a Oração de Jesus, ou Oração do Coração, é um importante caminho para o nosso crescimento espiritual. Além de ela proclamar a nossa fé, ajuda-nos a ser capaz de “estar na presença de Deus”. Ela nos ajuda a concentrar a nossa mente em Deus, de forma exclusiva, e quando nossa mente está totalmente concentrada em Deus, somos capazes de descobrir uma relação pessoal e direta com Ele. Dessa forma, podemos dizer que a Oração de Jesus é, simultaneamente, uma disciplina e uma oração.

Sobre a Espiritualidade Hesicasta e a Oração do Coração, dispomos alguns textos reflexivos, para que possamos compreender melhor tal prática e, quem sabe, buscarmos sua prática cotidiana.

Outubro
de 2021

Oração do mês

Oração pela paz

Senhor, fazei que a paz reine em nosso planeta. Tirai dos corações humanos todo sentimento de maldade, afastai deles tudo que está impedindo a pacificação dos povos. Que não haja mais guerras, que os inimigos possam se abraçar. Fazei reinar, Senhor, o perdão, o amor, a justiça e a paz. Dai-nos, Senhor, um coração novo, curado de todo egoísmo e transbordante de amor. Um coração capaz de romper todas as barreiras para alcançar a paz. Sabemos que é difícil para nós, mas confiamos em Vós, Senhor. Para Vós nada é impossível! Por isso, temos fé e esperança, e pedimos a vossa misericórdia. Queremos paz, Senhor, a vossa paz! Amém!

 

Lacy Pires de Andrade

Santos/SP 

Liturgia das Horas

Desde o início da cristandade, os fiéis se costumavam entregar à oração individual em determinadas horas do dia. Com o tempo, foi-se introduzindo o costume de consagrar à oração comunitária alguns horários especiais, por exemplo, ao raiar do dia, a primeira hora da manhã, ao entardecer, no momento em que se acendiam as luzes, a última hora do dia, e quando a noite chega ao seu termo. Ocorreu, ainda, a santificação de outros horários pela oração comunitária, em decorrência de sua identificação em Atos dos Apóstolos: os discípulos reunidos [para a oração] à terceira hora (At 2,1-5); o Príncipe dos Apóstolos “sobe ao terraço da casa para orar, por volta da sexta hora” (10, 9); “Pedro ... e João sobem ao templo, para a oração da hora nona” (3, 1); “a meio da noite, Paulo e Silas, em oração, entoavam louvores a Deus” (16, 25).

Estas orações comunitárias foram-se organizando, até que constituíram em um ciclo horário bem definido - A Liturgia das Horas ou Ofício Divino.

Para saber um pouco mais a respeito, disponibilizamos o texto completo “Instrução geral sobre a Liturgia das Horas”.

Divina Misericórdia.png

Faça seu pedido de oração

Diariamente, os monges celebram a liturgia e, acima de tudo, louvam a Deus pelas bênçãos concede aos homens. Da mesma forma, suas orações são  também de intercessão.

Um carinho na alma

A oração do Pai Nosso cantada pelo coral da Stellenbosch University, da África do Sul, na língua swahili)

Outubro de 2021
Outubro de 2021

Espaço Plural

Pluralismo religioso_edited.jpg