Vida_Monástica_imagem.jpg

"Sede cumpridores da palavra e não apenas ouvintes; isto equivaleria a vos enganardes a vós mesmos. Aquele que escuta a palavra sem a realizar assemelha-se a alguém que contempla num espelho a fisionomia que a natureza lhe deu: contempla-se e, mal sai dali, esquece-se de como era."  (Tg 1,22-24)

Pensamento da semana


As verdades diferentes na aparência são como inúmeras folhas que parecem diferentes e estão na mesma árvore.

Mahatma Ganhi

Captura de Tela 2021-02-09 às 13.16.15.

Irmão Associado

"Fraternal Associated"

Se você estiver interessado em cultivar uma vida espiritual consciente, organizada e madura, considere se tornar um "irmão associado" juntamente conosco. Ao associado cabe a missão de se comprometer a ancorar sua vida diária nos valores básicos da espiritualidade beneditina: Comunidade, Hospitalidade, Humildade, Equilíbrio e Atenção Plena no cotidiano de suas vidas. Busca, individual e coletivamente, viver os princípios evangelísticos por meio do permanente estímulo ao íntimo encontro libertador com Deus, disponível a todos, pois, no encontro com a própria essência divina e ao ser por ela abraçado e conduzido, é possível obter a liberdade dos grilhões das ilusões opressoras que conduzem a um caminho momentaneamente gratificante, mas que distância do verdadeiro centro, do ser criador. Esta modalidade de pertença não constitui tornar-se Monge ou Oblato, mas um membro que efetivamente compartilha da nossa espiritualidade, tendo como eixo basilar suas próprias experiências, abertas ao diálogo verdadeiramente ecumênico e inter-religioso. (...)

Dom José da Santa Cruz

oração.jpg

Reflexões Evangélicas
(2022)

Amados irmãos, em nossa biblioteca encontra-se uma relação de Reflexões Evangélicas, com olhar ecumênico, referentes a cada semana de todo o Ano Litúrgico até então.

Convido a todos vocês a visitarem e aproveitarem esse espaço, compartilhando conosco de suas reflexões e comentários. 

Bíblia_Sagrada.jpg
Espaço de Partilha
Maio de 2022
Rudolf.jpeg

Diálogo inter-religioso:

Dos "cristãos anônimos" às teologias das religiões

Teólogos como Karl Rahner, com sua famosa fala de pessoas de outras crenças como "cristãos anônimos",abriram novos espaços para o diálogo inter-religioso nos anos 60 do século passado. Refletido também na declaração "Nostra Aetate" do Concílio Vaticano II, começou-se a pensar das outras religiões como portadoras de, pelo menos, "elementos" da verdade, adotando uma postura "inclusivista": Sendo o cristianismo a religião "absoluta", outras religiões podem levar à salvação, mesmo que de forma derivada e imperfeita. Este conceito foi levado adiante nas diversas teologias das religiões tanto católicas quanto protestantes, mudando para um paradigma pluralista. Este desenvolvimento é demonstrado no exemplo do teólogo católico hispano-indiano Raimon Panikkar (*1918). A partir do pensamento deste, postula-se a necessidade de uma "hermenêutica da confiança" como base do diálogo inter-religioso.

Rudolf von Sinner 

(Texto adicionado na semana da Páscoa de 2022)

Revdo. Frei Milton Menezes

Convido vocês para refletirmos juntos sobre o chamado Tríduo Pascoal, ou seja, a sequência de três dias que podem ser considerados como o ápice do cristianismo. É composto da Quinta-feira Santa, da Sexta-feira da Paixão e da Vigília Pascoal.

Páscoa cristã.jpg
Thomas Merton_4.png

Espaço Thomas Merton

Sobre o contentamento

"É uma coisa interior que se associa à liberdade. A liberdade depende dele, e quem não sabe ficar contente na adversidade não consegue ser livre. O contentamento nada tem a ver com concessões ou derrota; é a condição para a vitória. Pois quando estou contente eu reconheço que não preciso de outras condições e de nenhuma outra situação para ser livre e feliz. Isso, em certo sentido, é transcender toda a questão!"

Thomas Merton em Merton na Intimidade.

Maio de 2022
CAC.Logo_.RGB_-1.jpg

Centro para Ação e Contemplação
- 2022 -

Nosso senso de desconexão é apenas uma ilusão. Nada humano pode bloquear o fluxo do amor divino; não podemos desfazer o padrão eterno, mesmo com nosso pior pecado.   

 

Richard Rohr

Fr Richard Rohr.jpg

Irmãs e irmãos amados, convidamos todas e todos vocês a acompanharem também a comunidade online do Centro de Ação e Contemplação (Center for Action and Contemplation). Seu rico e inspirador conteúdo lembra-nos que não estamos sozinhos na caminhada contemplativa. Destacam a existência de uma Realidade Divina cuja presença atravessa todas as fronteiras do tempo, espaço, tradição e religião.

Acesso ao site

CAC.Logo_.RGB_-1.jpg

Meditações Diárias de Richard Rohr

Frei Richard Rohr é um professor ecumênico mundialmente reconhecido, testemunhando o despertar universal dentro do misticismo cristão e da Perene Tradição. Ele é franciscano da Província do Novo México e fundador do Centro para Ação e Contemplação (CAC). Ele nos brinda com suas meditações diárias que passaremos a disponibilizar neste espaço uma das meditações diárias traduzidas para o português, sendo que a primeira delas deste ano será apresentada na próxima semana.

Nas Meditações Diárias de 2022, o Padre Richard Rohr nos convida a uma jornada de compreensão de Deus como Relacionamento - conosco, uns com os outros e com a terra - por meio do tema Nothing Stands Alone (Nada se mantém sozinho), partindo do seguinte questionamento: "O que poderia acontecer se abraçássemos a ideia de Deus como um relacionamento - conosco, uns com os outros e com a Terra? A salvação poderia ser simplesmente a disposição de permanecer em um relacionamento de amor com toda a criação?"

mao-desenhada-apontando-a-mao.jpeg

Quem tiver interesse em saber mais sobre o tema de 2022 e sua explicação, poderá assistir o video do próprio Frei Richard. 

15 de maio

Como podemos não sentir choque ou raiva com o que está acontecendo
ao povo da Ucrânia—
Enquanto assistimos ao seu sofrimento se desenrolar em tempo real
de uma distância injusta?
Quem de nós não se sente inepto ou impotente
diante de tal mal manifesto? Nisto, pelo menos, estamos unidos.
Nossas divisões partidárias agora parecem pequenas e triviais.

Lembre-se do que ensinamos: tanto o mal quanto o bem são,
antes de tudo, fenômenos sociais.
O Corpo de Cristo é crucificado e ressuscitado
ao mesmo tempo. Que possamos permanecer fielmente
Dentro desses dois mistérios (contemplação).

Em solidariedade amorosa, cada um de nós carrega o que é nosso,
o peso injusto da crucificação,
na esperança da transformação de Deus.
Que possamos ser levados a fazer o que pudermos em qualquer nível (ação)
para criar ressurreição!

O povo da Ucrânia tem muito a ensinar ao mundo.

Richard Rohr

Orações

Oração03.jpg

A prática religiosa desenvolvida pela humanidade, desde as comunidades de origem mais longínqua, vem se sustentando na oração, na busca permanente do encontro com a divindade norteadora de suas ações, no desejo de se chegar ao Supremo, ao Absoluto, à Verdade, de se chegar a Deus, de se chegar à realidade última que é a nossa própria essência. Assim, a vida da Igreja, na concepção de uma assembleia unida caminhante, deve se sustentar na prática orante, revestindo-se de importância vital para sua sobrevivência espiritual.

Assim, disponibilizamos diversas orações para que possam ser compartilhadas, além que sua prática orante pessoal.

Está disponível uma reflexão do Rev. Frei Milton sobre a Prática Orante.     Acesse...

Oração do Senhor

- Pai Nosso -

Oração do Coração

Sabemos que a oração é um meio de se entrar em contato com a divindade e que pode ser verbalizada, de forma espontânea ou repetitiva, meditativa, ou contemplativa. Independente da forma ou do caminho dessa relação, quando oramos estando nos relacionando com o Altíssimo, como e onde quer que O percebamos, dentro e/ou fora de cada um de nós.

Apresentamos uma sequência de reflexões sobre todas as partes da Oração do Senhor - O Pai Nosso.

Convidamos você a nos acompanhar nessa rica e maravilhosa reflexão contemplativa sobre a mais conhecida oração cristã, agora apresentada de forma completa.

Diz-se que a Oração de Jesus, ou Oração do Coração, é um importante caminho para o nosso crescimento espiritual. Além de ela proclamar a nossa fé, ajuda-nos a ser capaz de “estar na presença de Deus”. Ela nos ajuda a concentrar a nossa mente em Deus, de forma exclusiva, e quando nossa mente está totalmente concentrada em Deus, somos capazes de descobrir uma relação pessoal e direta com Ele. Dessa forma, podemos dizer que a Oração de Jesus é, simultaneamente, uma disciplina e uma oração.

Sobre a Espiritualidade Hesicasta e a Oração do Coração, dispomos alguns textos reflexivos, para que possamos compreender melhor tal prática e, quem sabe, buscarmos sua prática cotidiana.

Abril e maio
de 2022

Oração do mês

Oração da Campanha da fraternidade - 2022 

Pai Santo, neste tempo favorável de conversão e compromisso, dai-nos a graça de sermos educados pela Palavra que liberta e salva.

Livrai-nos da influência negativa de uma cultura em que

a educação não é assumida como ato de amor aos irmãos

e de esperança no ser humano.

Renovai-nos com a vossa graça para vencermos o medo, o desânimo e o cansaço, e ajudai-nos a promover uma educação integral, fraterna e solidária.

Fortalecei-nos, para que sejamos corajosos na missão de educar para a vida plena em família, em comunidades eclesiais missionárias, nas escolas, nas universidades e em todos os ambientes.

Ensinai-nos a falar com sabedoria e educar com amor!

Fazei com que a Virgem Maria, Mãe educadora, com a sabedoria dos pequenos e pobres, nos ajude a educar e servir com a pedagogia do diálogo, da solidariedade e da paz.

 

Por Jesus, vosso Filho amado, no Espírito, Senhor que dá a vida.

Amém.

Captura de Tela 2022-03-14 às 14.36.57.png

Liturgia das Horas

Desde o início da cristandade, os fiéis se costumavam entregar à oração individual em determinadas horas do dia. Com o tempo, foi-se introduzindo o costume de consagrar à oração comunitária alguns horários especiais, por exemplo, ao raiar do dia, a primeira hora da manhã, ao entardecer, no momento em que se acendiam as luzes, a última hora do dia, e quando a noite chega ao seu termo. Ocorreu, ainda, a santificação de outros horários pela oração comunitária, em decorrência de sua identificação em Atos dos Apóstolos: os discípulos reunidos [para a oração] à terceira hora (At 2,1-5); o Príncipe dos Apóstolos “sobe ao terraço da casa para orar, por volta da sexta hora” (10, 9); “Pedro ... e João sobem ao templo, para a oração da hora nona” (3, 1); “a meio da noite, Paulo e Silas, em oração, entoavam louvores a Deus” (16, 25).

Estas orações comunitárias foram-se organizando, até que constituíram em um ciclo horário bem definido - A Liturgia das Horas ou Ofício Divino.

Para saber um pouco mais a respeito, disponibilizamos o texto completo “Instrução geral sobre a Liturgia das Horas”.

Mãos em oração.png

Faça seu pedido de oração

Diariamente, os monges celebram a liturgia e, acima de tudo, louvam a Deus pelas bênçãos concede aos homens. Da mesma forma, suas orações são  também de intercessão.

Um carinho na alma

Maio de 2022
Maio 2022

Espaço Plural

Pluralismo religioso_edited.jpg

Prof. Lourdes Santos