Assuntos Gerais
2018 . 2019 . 2020 . 2021 

Ordenação Presbiteral do Frei Roberto Cássio

- 10 de julho de 2021 -

É com o coração extremamente feliz que estou entre novamente entre vós.


Hoje, para todos nós, para a Igreja e nossa comunidade é um dia de alegria e de festa. Chega à realização, um sonho que foi acalentado com esforço, dedicação e sacrifício: o dia da ordenação sacerdotal do nosso Irmão em Cristo Frei Roberto Cássio.


Porém, aqui é necessário admitir que tudo é graça de Deus! Cristo não tinha necessidade de escolher . No entanto, Ele o escolheu. É sempre um mistério o fato de Cristo escolher uma pessoa ao invés de outra. Não foi ele que escolheu por primeiro, mas Ele que vos escolheu. Por isso, o sacerdócio não é vosso, é de Cristo! O projeto de se tornar sacerdote é de Cristo, permita portanto, que Ele governe a vossa vida; já que disse vosso sim. Sim que nós como Igreja vos agradecemos.


Não tenha medo diante da missão sagrada. O medo paralisa e esteriliza o ministério de um sacerdote. É por medo que se apega ao dinheiro, à família, aos cargos… A busca de segurança torna um padre carreirista e sem disponibilidade para ir onde precisa. O medo é o contrário da fé. Onde domina o medo existe a busca de segurança; busca que impede o sacerdote de sair da área de conforto e se tornar missionário do Reino. Uma vida sacerdotal assim não vale a pena. Uma vida assim, é uma vida seca, sem profetismo porque está autocentrada em projetos pessoais.


Hoje Jesus mostra a você todo seu amor. E Ele espera de você somente isto: que você retribuam amor com amor! Este amor deve ser dirigido a Ele através do próximo. Viver o desafio de amar e servir como Jesus, em nome de Jesus, é esta a missão do sacerdote! Reconciliar o mundo pelo perdão Redentor.


É Jesus que deve reinar em vosso corações. Não venda o coração a nada e a ninguém. Somente Jesus pode impulsionar a comunhão e a missão que você devem viver. Não bastam nossas forças e trabalhos, somente Jesus pode desencadear as mudanças, a libertação que o ministério sacerdotal deve promover e que a humanidade tanto necessita.


Como o Pai enviou Jesus, Ele os envia. Envia-os para anunciar a Palavra e “reproduzir” sua presença entre as pessoas do mundo inteiro. Assim, como o primeiro homem lá do Paraíso era de barro, e o Senhor infundiu nele o sopro da vida; Assim também você é de barro, frágil, mas hoje o Senhor sopra sobre vós, para que a vida divina vos toque. Para que possais ser barro animado pelo Espírito de Jesus! Quem não acolhe o Espírito Santo no coração permanece morto: barro sem vida. Sem o sopro do Espírito que anima o coração e a alma, o sacerdote não transmite paz, alegria e vida renovada em Cristo.

Portanto, caro filho, seja homem do Espírito, movido pelo Espírito Santo e não por interesses pessoais e materiais. Quem é movido pelo Espírito de Deus não é egoísta, não perde a esperança, não vive de aparência, não se deixa absorver pelos problemas e conflitos da vida. Na oração encontrarão a energia para viver no âmbito da luz; para poder irradiar luz e vida.


Em meio a uma sociedade materialista e superficial que desqualifica os valores do espírito, seja homem espiritual e cidadão do Reino de Deus. Reino de justiça e paz. Que você possa agir no dinamismo do amor de Deus. Este amor sempre dirigido a Jesus está presente na Palavra, na Eucaristia e na Igreja.


O padre exerce uma função central, ao tornar concreto o mistério da Igreja. Em nome de Cristo, ele é chamado pela Igreja, formado pela Igreja, ordenado e consagrado, pela Igreja e na Igreja. E é a Igreja que lhe confia a missão sacerdotal. Com razão, o povo vê o sacerdote como “homem da Igreja”. Sem a Igreja, o sacerdócio não teria sentido, assim como não tem sentido um sacerdote que não ama a Igreja.


Entre todos os que devem amar a Igreja, o primeiro é o sacerdote. O amor à Igreja deve fazer com que o padre acolha a Igreja, com os seus elementos divinos e humanos. O amor e a adesão ao ministério do bispo, a fiel cooperação com ele é um modo de mostrar o amor à Igreja. Também a celebração correta da liturgia, a vivência da Palavra e da Caridade, e o bom relacionamento com os fiéis, demonstram o amor do padre à Igreja. Amar a Igreja não é discurso, mas é sacrificar-se por ela como fez Jesus Cristo (cf. Ef 5, 25 e 29)


Rezaremos em seguida por você, caríssimo irmão, para que seja introduzido em nosso Presbitério, ao qual deve amar com sinceridade. Rezaremos também por mim que dia 28 completa três anos de minha nomeação pela Câmara Episcopal, para servir esta Igreja no ministério episcopal de pai e pastor. Até aqui tenho sobrevivido aos perigos desta missão, graças a Deus e ajuda das pessoas de fé. Conto com vossa ajuda, como pedirei na oração da Ordenação.


Que na força do Espírito Santo, possamos todos ser bons ministros de Deus, repletos da paz messiânica. Que a alegria e a Paz de Cristo Ressuscitado esteja conosco, Amém.

Ordenação Frei Roberto.jpeg

Dia 27 de novembro de 2019, nosso amado irmão Frei Roberto Cássio participou de um evento de confraternização entre assistidos e voluntários da Rede Feminina de Combate ao Câncer, em Santa Cruz do Sul - RS. Frei Roberto proferiu palestra sobre o Advento e concedeu uma bênção especial a todos os presentes. O Frei faz parte do voluntariado da referida Rede há dez anos, levando estudos bíblicos e palestras sobre espiritualidade.

Frei Roberto_Rede combate ao cancer.jpg
Convite_Frei Roberto.jpg

Nos dia 8,9,10 de novembro de 2019, na cidade de Santa Cruz do Sul - RS ocorreu a solenidade da Profissão Monástica e Ordenação Diaconal do  Frei Roberto Cássio, membro da nossa Fraternidade (Abadia), presidida pelo Dom José da Santa Cruz, Abade de nossa Fraternidade. Por meio de um Ato Episcopal, foi erigida canonicamente a Fraternidade São Jerônimo, ramo religioso acolhido pela nossa Abadia Central e nomeado o Frei Roberto Cássio como Prior da referida Fraternidade.